Maquiagem para noiva: saiba o que é certo e o que é errado

Não é só a escolha do vestido que enlouquece (no bom sentido) as noivas durante os preparativos do casamento. A maquiagem o complementa e faz toda a diferença no semblante da moça que vai subir ao altar. Por isso, fomos até a Feira Internacional de Cosméticos e Beleza, em São Paulo, para descobrir com especialistas o que se deve evitar na maquiagem de noiva e no que é bacana investir. Veja, abaixo, as dicas de Janaína Brito, da Baltuá, e Neiva Pena, ex-participante do “Por um Fio“que agitou o estande da Bio Extratus no evento.

Tutorial de penteado para noivas: coque com nós e acessório estiloso

                                                                                   O que é legal

Menos é mais
Na maquiagem de noiva, tente não exagerar e invista em um look de aspecto mais natural. “A ocasião remete a algo mais puro. Por isso, aposte nos tons terra, pérola, rosa… Aqueles que passem a ideia de inocência”, diz Neiva. Ela indica ainda um leve esfumado e até um batom vermelho é permitido, desde que o olho seja bem discreto ou, no máximo, suavemente delineado.

Iluminador
Ela ressalta a importância de um iluminador para valorizar os tons bege, marrom e nude. “Um leve dourado com um ponto de luz nos olhos também cai superbem”, completa. Mas Neiva recomenda tomar cuidado com os iluminadores totalmente brancos: “Evite-os porque fazem um contraste ruim com o flash das fotos”.

Cílios postiços
Essa é uma forma de marcar mais a maquiagem sem ficar over. É chique, clássico e levanta qualquer olhar.

Blush em tons de pêssego
Seguindo a linha da maquiagem natural, os blushes em tons de pêssego (e nunca marcados demais) são os mais indicados por Neiva. “Os tons de rosa não são naturais, por isso é melhor evitar”, diz.

                                                                                   O que não pega bem

Este look usado por Lea Michele em um tapete vermelho, com tons fortes de azul, não é o ideal.

Purpurina
Segundo Janaína, maquiagem com glitter não tem a ver com a ocasião e pode tornar o visual vulgar. Guarde-o para o carnaval!

Maquiar o pescoço
“Tem gente que prefere maquiar o pescoço, mas esquece que vai abraçar dezenas de convidados na hora da festa. E, aí, sai ‘carimbando’ todo mundo”, explica Janaína. Então, pelo bem de seus convidados (e de seus vestidos e paletós caríssimos), deixe o pescoço ao natural!

Azul, verde e cores frias

Neiva explica que cores frias em geral, sobretudo o azul e o verde, refletem no vestido branco e, com o flash das fotos, dá a impressão de que a noiva levou um soco no olho ou está com olheiras profundas. Cuidado!

Deixe uma resposta