Os desfiles mais comentados de 2011

As temporadas de moda que acontecem no período de um ano são tão numerosas – Paris, Londres, Nova York, Milão, São Paulo, Rio… –, com tantos e tão criativos desfiles, que fica difícil lembrar os mais bacanas. Em 2011, teve Kanye West estreando (sob críticas) nas passarelas, muita ansiedade para o anúncio do novo estilista da Dior (que, afinal, não veio) e até funk carioca embalando desfile em Nova York. Mas, fora isso, teve também muita arte, frenesi e belas criações. Com base nesses aspectos, reunimos os desfiles que mais deram o que falar neste ano:

CHANEL – NO FUNDO DO MAR

O espetáculo promovido por Karl Lagerfeld a toda temporada no Grand Palais, em Paris, é o desfile mais esperado da semana de moda francesa. Em outubro, o kaiser mostrou sua coleção de verão para a Chanel em um cenário de fundo do mar totalmente branco. Algas, corais e conchas integravam um mundo submerso lúdico para apresentar uma coleção também toda calcada na cor branca, com diversas referências marítimas. A beleza do desfile é um show à parte e a trilha sonora, feita ao vivo, ficou por conta de Florence Welch.

 

CAROSSEL DA LOUIS VUITTON

 

Se a Chanel no fundo do mar provocou um cair de queixos em Paris, o desfile da Louis Vuittonna mesma temporada não ficou atrás. Marc Jacobs idealizou um carrossel todo branco, de onde as modelos desciam para mostrar as criações do estilista. Com direito a Kate Moss, o desfile levantou especulações de que esta seria uma despedida de Jacobs, que estaria deixando o comando da marca para substituir John Galliano na Dior. Até agora, nada foi confirmado, mas o release do desfile mandou um papo de que “a ciranda da moda tem que girar para se renovar”… Boatos à parte, o desfile foi uma graça, mas devemos observar: a Chanel já havia colocado um carrossel em uma passarela, em um desfile de 2008.

 

AUSLANDER COM ZOMBIE BOY E ANDREJ PEJIC

Como de costume, a grife carioca Ausländer fez estardalhaço na edição de verão do Fashion Rio ao trazer para sua passarela o todo-tatuado Zombie Boy (o canadense Rick Genest, “no original”) e Andrej Pejic, que estourou no mundo da moda neste ano por sua aparência hiperandrógina. Os dois foram sensação no Píer Mauá!

Zombie Boy fez sucesso entre os fashionistas que circularam pelo Píer. 

 

O CARNAVAL DERONALDO FRAGA

 

Se a lista de desfiles mais marcantes engloba os brasileiros, dificilmente Ronaldo Fraga fica de fora – ainda mais agora que o estilista anunciou uma pausa em sua participação no SPFW. Responsável pelos desfiles mais emocionantes da temporada de moda, Ronaldo, para o próximo verão, apresentou um verdadeiro Carnaval à moda antiga na passarela – com direito a chuva de confete, muita alegria e música ao vivo comandada pelo ator Rafael Raposo. Ele interpretou Noel Rosa no filme “Poeta da Vila” e, no desfile, estava acompanhado por músicos da escola de samba Vila Isabel. Foi lindo!

 

A NOVA MCQUEEN

 

Na Semana de Alta Costura de Paris, um desfile excêntrico chamou tanta atenção que a estilista responsável acabou sendo apelidada pela imprensa especializada de “a nova Alexander McQueen”. A holandesa Iris Van Herpen tem claras referências ao estilista britânico, morto em 2010, e se destacou por suas criações feitas de materiais tecnológicos e incomuns como plástico, metal e outras texturas.

Deixe uma resposta