Esterilização é método essencial para os salões de beleza

A esterilização é o processo de destruição de todas as formas de vida microbiana, como bactérias, vírus e fungos. Elas realizam esse processo através da temperatura elevada, por um tempo determinado. Todos os materiais resistentes a altas temperaturas como alicates, espátulas, lixas metálicas, cortadores de unhas e afastadores de cutículas, podem ser esterilizados, desde que fabricados inteiramente em aço inoxidável.

estufa

Estufas e autoclaves

Muitas pessoas pensam que a esterilização por autoclave, ou seja, por vapor saturado sob pressão, é mais eficiente que aquelas feitas por estufas, ou seja, por calor seco e vice-versa. No entanto, de acordo com Maira Gandolpho, biomédica e responsável técnica na empresa Odontécnica (SP), os dois métodos esterilizam de maneira eficaz e apenas são tipos diferentes de procedimento. “Na autoclave pode-se colocar materiais que não resistem a altas temperaturas, com partes ou inteiramente de plástico e borracha. Já nas estufas devemos colocar apenas materiais fabricados em aço”, explica a profissional.

 

Lembre-se: os materiais como recipientes de plástico, lixas e palitos de madeiras também podem proliferar doenças, porém não podem ser esterilizados. Por isso, após o uso, descarte o material.

Equipe Walker Cabeleireiros